quarta-feira, março 10

QUEM PLANTA VENTOS...

A vida é breve demais! termina num estalo...
Devemos, sim, vivê-la com paixão e entrega, lembrando sempre que a colheita é certa.
Se plantar ventos colherá tempestades!

Pois, então, que plantemos amigos, amores, afetos e flores.
Que possamos conquistar a vida e ter um caso de amor com o tempo!
Trazê-lo para o nosso lado...
Fazer dele nosso aliado.

Deitarmos juntos no verde da esperança e contar as estrelas que ainda faltam brilhar no céu das nossas noites...
Justificar nossos erros e acertos. Porque só acerta quem coleciona tentativas. Só vence, quem dá o primeiro passo. E o último justo somos sempre nós mesmos, caminhando e travando guerras entre o Ser e o ter.

Nos ensinaram, nossos Pais e Mestres, que vale muito mais SER do que TER. E aí vai tantas divagações...
SER leal e justo?
SER humilde e fraterno?
SER filho do amor e cumplice do tempo? ou
TER afeto e senso de justiça?
TER coragem?
TER fé e esperança?

Tais e tantas reflexões!
Num complexo experimentar de emoções, que no fundo só pretende perpetuar nossa memória. A de quem fomos. A do que vivemos. Plena e intensamente, fechando o círculo poderoso do amanhã!

6 Suspiros:

Paula Aragão disse...

Assino em baixo!!!
Bjão.

Aqui você encontra ... disse...

"Num complexo experimentar de emoções, que no fundo só pretende perpetuar nossa memória. A de quem fomos. A do que vivemos. Plena e intensamente..."
ADOREI ESSA FRASE .

Paula Aragão disse...

Que bom que não danço sozinha!!
Bjooooo!!!

*May Lopes disse...

Isso aew!
Arrazou!

http://maylopez.blogspot.com/

Renan disse...

voce é muito sabia nas palavras. pode apostar
que vou estar aqui sempre!
beijos

www.dizem-as-paredes.blogspot.com

Adriana Costa disse...

Gostei muito do post, não so desse mas de todos, vc esta de parabéns
bjãõ

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails